Home Vídeo CEO do Celso Lisboa explica por que o ensino tradicional não desenvolve as habilidades que o mercado deseja

CEO do Celso Lisboa explica por que o ensino tradicional não desenvolve as habilidades que o mercado deseja

Instituição é conhecida por inovar dentro de todo setor do ensino superior, da gestão à sala de aula

SHARE
, / 0

A criatividade, o pensamento crítico e a autonomia estão entre as habilidades mais valorizadas do mercado. Mas como desenvolvê-las em uma sala de aula em que os alunos passam a maior parte do tempo sentados, escutando um professor falar? Esse é o questionamento de Rodolfo Bertolini, CEO do Centro Universitário Celso Lisboa, do Rio de Janeiro.

(Assista ao vídeo)

Para tirar os alunos da posição passiva, a instituição reformulou o currículo pedagógico, que hoje é baseado não mais em disciplinas, mas em competências. Além disso, o centro universitário criou aplicativos para aproximar o professor do aluno e costuma contar com dois docentes na mesma sala de aula.

Resultados da Celso Lisboa

Com essa nova forma de enxergar a educação superior, o CEO revela que a evasão diminuiu 30%.

Bertolini acredita ainda que uma metodologia colaborativa e participativa auxilia o aluno a lidar bem com as demandas do mundo profissional.

Leia também:                                                                                                                                                                                                         Saiba quais são os cursos que podem desaparecer se não mudarem o currículo

Artigos relacionados

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN