O fotógrafo da modernidade

Hans Gunter Flieg tinha apenas 16 anos quando deixou a Alemanha nazista para se instalar no Brasil com seus pais e seu irmão. Trazendo …

SHARE
, / 630 0

Hans Gunter Flieg tinha apenas 16 anos quando deixou a Alemanha nazista para se instalar no Brasil com seus pais e seu irmão. Trazendo na bagagem uma câmera fotográfica Leica, ele se transformou anos mais tarde em um dos maiores fotógrafos de sua época, tendo registrado muitas das transformações econômicas e sociais do Brasil. Sua trajetória agora está em exposição no MAC USP, que exibe a mostra Flieg Fotógrafo, composta por mais de 220 imagens pertencentes ao Instituto Moreira Salles. De acordo com Helouise Costa, curadora do MAC, o reencontro entre a produção fotográfica de Flieg e um dos lugares que melhor encarnou o ideário modernista na capital paulista – o edifício projetado por Oscar Niemeyer para as comemorações do IV Centenário da cidade e hoje ocupado pelo museu – é a “oportunidade de refletirmos criticamente sobre o legado da fotografia moderna tomada, a um só tempo, enquanto atividade prática e projeção utópica”.

Flieg Fotógrafo
Museu de Arte Contemporânea (MAC) da USP
Avenida Pedro Álvares Cabral, 1301 – São Paulo (SP)
Terça das 10h às 21h. Quarta a domingo, das 10h às 18h
Ingressos: grátis
Informações: http://www.mac.usp.br / (11) 2648-0258

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN