Ironhack: escola de programação chega ao país

Em outubro mais uma empresa fará parte do ensino de tecnologia. Diferencial, segunda afirma, é que 85% de seus alunos ingressam no mercado de tecnologia

SHARE
, / 190 1

Foto: Shutterstock

Espalhada por cidades como Madri, Barcelona, Paris, Miami, Amsterdã, Cidade do México e Berlim, a escola de programação Ironhack inicia em outubro o seu primeiro programa no Brasil.

Com um modelo de ensino intensivo e imersivo, a empresa afirma que seu índice de empregabilidade é de 85%.

Desde sua fundação, em 2013, mais de 1,5 mil estudantes de 70 nacionalidades diferentes se formaram em seus programas, que duram entre nove e 24 semanas.

Segundo seus fundadores, a ideia de criar a escola nasceu da constatação de que muitos egressos de cursos superiores enfrentam dificuldades para ingressar no mercado de tecnologia.

Leia também:

Economistas dos presidenciáveis criticam gastos do governo com ensino superior

Artigos relacionados

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN