Instituição conta como foi o processo de adoção das metodologias ativas de ensino

Além de capacitar os professores, Uniptan (MG) também criou um grupo de estudos para realizar pesquisas

SHARE
, / 394 0

Professores do UNIPTAN em ação de capacitação sobre metodologias ativas de aprendizagem

Na segunda metade do século 20, um conjunto de técnicas conhecidas como metodologias ativas de aprendizagem – em que o aluno se torna autor do seu próprio aprendizado e o professor assume o papel de mediador do processo – ganhou grande notoriedade. Sua lógica vai contra o ensino mecanicista e mercantilista e demanda a adoção de uma nova forma de conceber e racionalizar o mundo.

Consciente dessa nova realidade educacional, o Grupo NRE Educacional integrou-se ao Consórcio STHEM Brasil, vinculado à Laspau (Programa Acadêmico e Profissional para as Américas, afiliado à Universidade Harvard), para aprofundar o processo de capacitação docente que já desenvolvia em suas seis instituições quanto ao uso de metodologias ativas de aprendizagem. Simultaneamente à integração, foram feitas mudanças na estrutura física, como a instalação de lousas interativas e mesas apropriadas para discussões e trabalhos em equipe.

Em conjunto, essas medidas proporcionaram maior interação entre os aprendizes, que passaram a trabalhar com estudos de caso, resolução de problemas e aprendizagem baseada em projetos e, assim, puderam desenvolver competências mais sofisticadas, como a capacidade de análise, avaliação e criação.

Os resultados foram fruto de um trabalho minuciosamente planejado, implementado e desenvolvido em conjunto pelo corpo diretivo, docente e discente. Uma das unidades da NRE Educacional, o Centro Universitário Presidente Tancredo de Almeida Neves (UNIPTAN), situado na cidade de São João del-Rei (MG), capacitou seus professores, levando-os a elaborar um vasto material pedagógico alinhado com a nova proposta.

A experiência também permitiu a organização de um grupo de estudos que, além de realizar pesquisas, assumiu recentemente a função de capacitar o corpo docente por meio de atividades presenciais e a distância. O UNIPTAN ainda acompanhou de forma sistemática a mudança de metodologia, vinculando o ensino à pesquisa. Essa prática está, inclusive, atingindo o patamar da extensão universitária: a instituição conduziu em julho de 2017 os trabalhos de Capacitação Docente da Faculdade de Tecnologia Senac Minas e irá capacitar em outubro de 2017 cerca de 400 professores de escolas públicas estaduais da região.

De acordo com Maria Tereza Gomes de Almeida Lima, pró-reitora de Ensino e Assuntos Acadêmicos, e Heberth Paulo de Souza, pró-reitor de Pesquisa e Extensão, o sucesso da iniciativa se deve aos professores, que “compreenderam a importância das mudanças e se apropriaram das metodologias ativas”.

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN