Por que trabalhar a empregabilidade nas IES desde o primeiro dia de aula

Os resultados impulsionam o sucesso profissional dos alunos e aumentam a competitividade das Instituições

SHARE
, / 223 0

 

empregabilidade

Em uma época em que os índices de desemprego atingem cerca de 13 milhões de brasileiros, o tema da empregabilidade se faz cada vez mais necessário na formação dos estudantes.

Desde 2017 no Brasil, a Solução de Carreiras e Empregabilidade da Symplicity foi projetada para lidar com esses desafios.

O gerente de Novos Negócios do Grupo A e responsável pela operação nacional da Symplicity, Rodrigo Madeira, afirma: “é uma obrigatoriedade das instituições ajudar seus alunos a se prepararem para o mercado de trabalho”.

Além disso, pontua que, no atual contexto de educação e emprego no país, “as IES que tiverem melhores índices de empregabilidade serão aquelas que atrairão e reterão mais estudantes.”

Aproximar alunos e empregadores

“Hoje há certo distanciamento entre academia e mercado de trabalho, e as empresas estão sedentas para se aproximar das instituições e seus projetos de empregabilidade”, garante Madeira.

Entre as IES parceiras da Symplicity, está o Grupo Cruzeiro do Sul Educacional, com sede em São Paulo. “O objetivo do projeto é tornar a empregabilidade um componente curricular”, afirma o pró-reitor de EAD, Carlos Fernando de Araújo Jr.. “Saímos de uma posição indireta e reativa, para uma função pró-ativa e integrativa em nossos cursos e programas, visando o sucesso profissional dos alunos”, diz.

Jornada do aluno

As estratégias de empregabilidade afetam todo o ciclo de vida dos estudantes e egressos. “Se acompanho meu aluno no decorrer do curso, consigo avaliar sua satisfação, evitar a evasão e, se for o caso, ajudá-lo a migrar para outro curso na mesma instituição”, explica Madeira.

Para Maria Beatriz Balena, pró-reitora de Graduação da PUC-PR, IES que também já utiliza as soluções da Symplicity, pensar no sucesso profissional do aluno faz parte da essência da instituição – “essa é uma oportunidade de repensar, junto com nossos estudantes, sobre os novos modelos de trabalho que estão surgindo”. Na sua opinião, “o mundo nunca foi tão repleto de possibilidades; estar preparado, consciente das transformações e aberto às oportunidades é fundamental”.

Estratégias de empregabilidade impactam a experiência de alunos e egressos, assim como a competitividade de uma instituição de ensino que as aplica de forma bem-sucedida. A Symplicity, representada no Brasil pelo Grupo A, destaca cinco motivos essenciais para as IES investirem em empregabilidade:

#1  Diferencial competitivo na captação de alunos;

#2  Relação entre empregabilidade e foco no aluno;

#3  Estratégia para redução dos índices de evasão;

#4  Conexão com o mercado de trabalho;

#5  A importância da empregabilidade para a educação continuada.

Leia também:

Professor afasta medo de matemática com violino

Artigos relacionados

<

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN