Em comparação com o Rio, São Paulo tem quase o dobro de alunos na pós-graduação

Dados da Capes também mostram que mais de 50% das matrículas em todo o país estão concentradas no Sudeste

SHARE
, / 1002 0

A distribuição de alunos de pós-graduação no Brasil é bastante desigual. Das 251,6 mil matrículas registradas em 2015, 52% estavam concentradas na região Sudeste. E dentro da região Sudeste, São Paulo tinha praticamente o dobro de matrículas do Rio de Janeiro: 66,9 mil contra 34,8 mil.

Dados da GeoCapes também mostram que o Norte e o Nordeste foram as regiões que mais cresceram entre 2015 e 2014 (12,8% e 11%, respectivamente), embora ainda tenham baixa representatividade de matriculados em relação ao total: 4% e 18%, respectivamente. Na comparação entre a rede privada e pública, a primeira teve quase o dobro de expansão no período: 13,9% contra 7,2%. Mas em números absolutos, a rede pública aparece com 83% das matrículas.

Os dados ainda mostram que o mestrado profissional é a modalidade que mais cresce em termos percentuais e que as ciências humanas constituem a maior área em termos de matriculados. Ciências da saúde e engenharias aparecem na sequência.

Autor

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN