Como auxiliar o aluno durante a preparação para o Enem?

Mais de 7 milhões de estudantes de escolas públicas e particulares do país almejam ter uma boa pontuação no Exame Nacional do Ensino Médio …

SHARE
, / 691 0

Mais de 7 milhões de estudantes de escolas públicas e particulares do país almejam ter uma boa pontuação no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), cujas notas são indispensáveis para uma colocação de destaque nos processos seletivos do Sistema de Seleção Unificada (SiSU), do ProUni, do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), do Sistema de Educação Unificada Profissional e Tecnológica (Sisutec) e do Ciência sem Fronteiras, além de diversas universidades brasileiras.

Esse exame tem uma identidade específica, baseada em uma metodologia que envolve as seguintes etapas do conhecimento: a compreensão dos fenômenos, o domínio da linguagem, a construção da argumentação, o enfrentamento das situações-problema e a elaboração de propostas, além da redação de caráter dissertativo-argumentativo. Preparar-se para o exame requer mais que conhecer os conteúdos solicitados.

A Internet concentra um número incontável de sites e blogs voltados ao aluno. Entretanto, em meio a um mar de dicas, o estudante precisa ser orientado. É aí que entra a escola. Os colégios têm exercido um papel fundamental para preparar os estudantes do Ensino Médio para o exame. A coordenação e os professores têm o desafio de planejar as aulas a partir do modelo cobrado nessa prova, além de trabalhar esses conceitos juntamente com as exigências curriculares do Ensino Médio. Dessa forma, sem um bom planejamento e sem materiais de apoio, é muito difícil realizar um trabalho que atenda as expectativas dos alunos.

Muitas escolas têm utilizado algumas ferramentas, entre elas aulas de revisão guiadas pela resolução de questões e simulados com o padrão do Enem.

Ferramentas ajudam, mas material específico é o ponto chave – As aulas de revisão e os simulados ajudam o aluno a entender qual é o perfil da prova, mas a preparação para o Enem precisa de uma combinação de ferramentas, incluindo materiais específicos que ultrapassam a mera lista de assuntos a estudar. O problema é que poucos materiais apresentam conteúdo vocacionado para o Enem.

Com uma proposta inédita de conteúdo, atendendo aos eixos cognitivos, às competências e às habilidades requeridas pelo exame, o Sistema de Ensino Poliedro criou a Coleção Enem. Trata-se de uma solução educacional inédita, com uma proposta modular para facilitar o planejamento e a aplicação pelo professor. Algumas disciplinas foram desenvolvidas exclusivamente para o formato digital.

Material modular para facilitar a organização – Um benefício adicional da Coleção Enem é a organização da coleção em módulos, que são armazenados em boxes. O fichário, que compõe a coleção, ajuda o aluno a levar para a sala de aula somente os módulos que serão estudados, melhorando sua organização e evitando o transporte de peso desnecessário.

O material foi desenvolvido a partir de uma forte base teórica, apoiada por conteúdos complementares que ampliam e contextualizam os temas. O material do professor apoia o processo, com sugestões de abordagem, orientações pedagógicas e resoluções de todas as questões.

Com duas opções de planejamento, a Coleção Enem permite que a escola a aplique da maneira mais adequada ao seu calendário — a organização pode ser bimestral ou trimestral. São 30 semanas de aula, dentro das 36 semanas sugeridas, com períodos pensadas planejados para que a escola destine a provas, revisão e/ou aprofundamento.

Se você tem interesse de conhecer mais a respeito da Coleção Enem, bem como dos demais benefícios do Poliedro, acesse o site http://www.sistemapoliedro.com.br/sep/.

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN