Asiáticos pressionam a Suprema Corte para mudar o processo seletivo de Harvard

Acusação afirma que universidade deve acabar com a prática de dar preferência a filhos de ex-estudantes, uma vez que não estimula a diversidade dos alunos

SHARE
, / 144 0

Os americanos de origem asiática estão questionando o processo seletivo da Universidade de Harvard sob o argumento de que eles estão sendo barrados, apesar da competência de seus candidatos.

No processo que está sendo julgado pela Suprema Corte dos Estados Unidos, os acusadores afirmam que a prática de dar preferência aos filhos de profissionais graduados em Harvard é prejudicial à diversidade, pois mantém a predominância dos estudantes brancos e ricos.

Instituição Vs alunos asiáticos

Em sua defesa, a universidade afirmou que não pretende acabar com a prática, pois ela estimula os egressos a fazerem doações e beneficia os filhos daqueles que fizeram um grande esforço para estar lá. A comunidade negra seria prejudicada com o encerramento dessa forma de admissão, disse a defesa.

Harvard e asiáticos

Harvard nos tribunais (foto: Shutterstock)

Leia também:

Universidade de Harvard cria plataforma gratuita sobre ciência

Artigos relacionados

<

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN