Alunos de diferentes cursos do Eniac revitalizam uma brinquedoteca

Projeto reuniu estudantes dos cursos de Arquitetura, Pedagogia e Jogos Digitais

SHARE
, / 181 0

inovações

Além de conhecer profundamente suas áreas de atuação, os profissionais demandados pela sociedade atual também precisam ser capazes de ultrapassar fronteiras e transitar por diferentes territórios. Com o objetivo de preparar os alunos para essa realidade, Simone Cristina Gonçalves Vianna, assessora de inovação do Centro Universitário Eniac, reuniu estudantes dos cursos de Arquitetura, Pedagogia e Jogos Digitais para revitalizar a biblioteca em uma escola municipal de Guarulhos (SP).

Os estudantes participaram de todas as etapas do projeto, da concepção à finalização. O objetivo era que eles planejassem ações, assumissem responsabilidades e tivessem contatos com outras áreas – algo aparentemente trivial, mas com o qual os estudantes não estão habituados, de acordo com Simone. “Encontramos grande resistência por parte dos alunos e inúmeras dificuldades, tanto no nível pedagógico quanto no operacional no que se refere à concepção dos itens que iriam compor o espaço. Isso gerou atritos entre os estudantes, sobretudo, em função da dificuldade de interagir com outras áreas”, relata.

inovações-2

Maquete desenvolvida para a brinquedoteca

Apesar da trajetória conturbada, Simone exibe orgulhosa o resultado desse trabalho em equipe: O projeto de alvenaria, os brinquedos e os jogos digitais que compõem a brinquedoteca foram entregues à escola parceira no final do 2° semestre de 2016.

A diretora e a coordenadora da escola ficaram tão satisfeitas com o novo espaço que apresentaram um novo pedido à equipe: um jardim para contação de histórias. Os estudantes de arquitetura e pedagogia, desta vez, engajados e estimulados pela aprendizagem prática vivenciada, aceitaram e propuseram um novo projeto, que será executado no atual semestre.

O exercício prático também fez florescer novas ideias que promovem e consolidam a experiência. “Para o próximo semestre, nossos estudantes de Pedagogia utilizarão a nova brinquedoteca para desenvolver as atividades pedagógicas necessárias a seus currículos. É uma atividade que estreita os laços com a escola parceira”, conta.

Simone também acrescenta que a experiência levou os estudantes à reflexão sobre a aprendizagem e as transformações ocorridas por intermédio do projeto. “O processo de aprendizagem foi construído de maneira coletiva e colaborativa e o contexto prático vivenciado por meio da atividade profissional – além de ser dinâmico e interativo – promoveu a formação de um profissional capaz de atender às demandas do século 21”, finaliza.

Brinquedos e jogos digitais desenvolvidos para a brinquedoteca

Brinquedos e jogos digitais desenvolvidos para a brinquedoteca

Autor

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN