Evento discute as angústias de ser professor

O encontro será conduzido pela filósofa Carla Ferro no Instituto Singularidades. Para participar, é preciso pagar taxa de inscrição

SHARE
, / 0

Na pesquisa de 2018 da entidade global Varkey Foundation, o Brasil foi considerado o país que mais desvaloriza o professor — carreira cuja predominância é do sexo feminino.

Violência na sala de aula, desvalorização da carreira, jornadas extenuantes de trabalho e salários baixos são fatores que desestimulam esses profissionais. Mas no meio de tantas angústias, que tal conversar sobre essas dificuldades?

Esse é o objetivo do Conversas sobre educação: a angústia docente, encontro organizado pelo Instituto Singularidade e que contará com a presença da filósofa e psicoterapeuta Carla Ferro.

A conversa acontecerá nesta sexta-feira, 15, das 19h às 22h. Investimento de R$ 120,00 (em 3x).

Como está escrito na descrição do evento, “esse encontro é um convite para olharmos de perto e com tempo o que a angústia docente tem a revelar sobre as condições de atuação do educador, mas também sobre a nossa cultura e o modo de vida contemporâneo”.

Ferro é cofundadora do Café Filô, espaço que promove grupos de estudos sobre filosofia, ética e educação, e autora do livro É necessário, o impossível.

Informações 

Conversas sobre educação: a angústia docente                                                                                                                                                                  15 de março, das 19h às 22h                                                                                                                                                                                                Instituto Singularidades: Rua Deputado Lacerda Franco, 88 – Pinheiros/SP                                                                                                              R$ 120,00 (em 3x)

Inscreva-se no link https://bit.ly/2NMN0fy

evento angústias professor

Leia também:

Professores estão assistindo as próprias aulas para melhorar o desempenho em sala

Relatório aponta falhas no Enade, no CPC e nos indicadores de referência

Artigos relacionados

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN