A matemática do dia-a-dia

Em Recife, professor criou Laboratório de Matemática com o objetivo de aproximar a disciplina do cotidiano dos alunos

SHARE
, / 703 0

*Matemática e suas tecnologias


Competência: Modelar e resolver problemas que envolvem variáveis socioeconômicas ou técnico-científicas, usando representações algébricas.


Algumas habilidades que compõem essa competência:


– Utilizar conhecimentos algébricos/geométricos como recurso para a construção de argumentação.


– Avaliar propostas de intervenção na realidade utilizando conhecimentos algébricos.

* Fonte: matriz de referência do Enem


Preocupado com as dificuldades de seus alunos em resolver problemas relacionados à função exponencial, o professor José Edeson Siqueira, coordenador de matemática do Colégio Equipe, no Recife, decidiu aliar ao estudo um dos entretenimentos favoritos dos jovens: as séries de televisão. “A partir das Orientações Curriculares Nacionais para o Ensino Médio (OCEM) e da ampliação do Enem, tivemos um redirecionamento das práticas educacionais que apontava para a necessidade de trabalhar as aplicações matemáticas de forma mais concreta e ilustrativa”, conta o professor. Nessa perspectiva, foi criado no Equipe um laboratório de matemática de caráter multidisciplinar e complementar às aulas regulares, com o objetivo de aprofundar os temas estudados com foco na resolução de situações-problema e elaboração de propostas.


Em 2006, surgiu a ideia de usar nas aulas episódios do seriado norte-americano Numb3rs, cujo enredo se baseia no cotidiano de um agente federal do FBI (Federal Bureau of Ivestigation, Departamento de Investigação Federal em tradução livre) e seu irmão, um gênio matemático, que o ajuda a resolver os crimes por meio da matemática. “Os vídeos apresentam ideias globais sobre determinado assunto, o que é atrativo e divertido para os alunos”, aponta José Edeson. O professor escolheu, então, um episódio que abordava questões sobre a radioatividade e propôs que os alunos refletissem sobre o tema, relacionando o conceito de função à radioatividade e discutindo suas consequências e efeitos à exposição humana. “Com essa atividade, trabalhamos não só a matemática, como conceitos de química, física e biologia”, lembra.


Depois da realização da primeira proposta de trabalho com séries, os alunos começaram por conta própria a identificar situações matemáticas em outros filmes que assistiam apenas por lazer. O coordenador comemora o êxito do projeto: “tentamos proporcionar aos alunos situações de aprendizagem que valorizem o raciocínio e contribuam para que no final do ensino médio estes jovens saibam usar a matemática para resolver problemas cotidianos”. Ele lamenta, no entanto, que ideias como essa sejam desenvolvidas apenas em atividades extracurriculares. “Infelizmente o currículo brasileiro é enciclopédico. Eu poderia trabalhar dessa forma em 90% das minhas aulas, mas em função do vestibular não podemos construir um currículo que para nós seria o ideal”, finaliza.

+Leia mais:
– Apesar da difusão do termo competências e habilidades, colocá-lo em prática na sala de aula ainda é um desafio para muitos professores

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN